Esta matéria faz parte do conjunto de transformações Bairro Carioca
Clique e conheça os detalhes do projeto
08/02/2012 | Social | Bairro Carioca

Galpões serão pontos de encontro do Bairro Carioca

Construções da antiga sede da Light em Triagem foram preservadas e já começam a se transformar em centro cívico, escola, creche, mercado e ginásio poliesportivo

No coração do Bairro Carioca, que avança em ritmo acelerado em Triagem, Zona Norte do Rio, começa a surgir simultaneamente à construção dos 2.240 apartamentos um núcleo de instalações nos galpões remanescentes da antiga fábrica da Light. Esse espaço, que está sendo reformado, dentro do possível mantendo suas características originais, nasce com o propósito de oferecer serviços sociais e ser um centro de convivência para os futuros moradores.

– Efetivamente as obras começaram em outubro de 2010, após as demolições dos outros galpões para a construção dos prédios. Nós ficamos responsáveis pela abertura de ruas, construção de galerias de drenagem e de águas pluviais, água potável e esgoto. Posteriormente começamos as adaptações do prédio e de quatro galpões para os equipamentos sociais – explica o fiscal de obras da RioUrbe Júlio César Bernardino.

As construções incluem a instalação de um centro cívico, uma escola, uma creche, um mercado popular e um ginásio poliesportivo. O primeiro aproveitará o Edifício McKim Bell, onde funcionou a parte administrativa e financeira da fábrica da Light em meados do século 20.

O Edifício McKim Bell, onde funcionava o setor administrativo da Light: futuro centro de convivência

No galpão ao lado ficará a escola municipal, que atenderá aproximadamente 1.200 crianças, com nove salas de aula climatizadas, biblioteca e auditório. A estrutura de ferro original do telhado foi recuperada e pintada. Em outro galpão vizinho, será erguido um Espaço de Desenvolvimento Infantil (EDI), com quatro salas de maternal, berçário e lactário.

O Mercado Popular projetado para o Bairro Carioca foi inspirado no Mercado de Itaipava, na Região Serrana do Rio, com 25 boxes onde os moradores encontrarão de tudo um pouco. O espaço prevê ainda uma área de convivência, com praça de alimentação.

– O ginásio poliesportivo está sendo construído na antiga oficina de transformadores da Light. Ele terá arquibancada para cerca de 400 pessoas e um palco para receber pequenos shows – diz o fiscal, sobre o galpão de 1.200 m² que terá todo o revestimento trocado, com o objetivo de tornar o ambiente mais arejado. Ele ressalta ainda que todos os equipamentos do Bairro Carioca estarão preparados para atender portadores de necessidades especiais.

Segundo Bernardino, as instalações estarão concluídas junto com as primeiras mil unidades habitacionais, previstas para serem entregues até maio de 2012.

Notícia Anterior
Um paraíso natural no coração do subúrbio
Próxima Notícia
O Sambódromo renasce olímpico