Esta matéria faz parte do conjunto de transformações Morar Carioca
Clique e conheça os detalhes do projeto
21/12/2011 | Social | Morar Carioca

Condomínio da Providência livra famílias de áreas de risco

Obra de prédios na Rua Nabuco de Freitas está em estágio avançado, com direito a apartamento modelo. Unidades serão entregues no 1º semestre de 2012

A vida de 119 famílias do Morro da Providência, no Centro do Rio, deve começar a melhorar ainda no primeiro semestre de 2012. Atualmente em situação de risco, elas serão beneficiadas pelo programa Morar Carioca, que está urbanizando a comunidade e construindo novas moradias no seu entorno, como na Rua Nabuco de Freitas, onde o novo condomínio está em fase avançada de obras.

– Essas unidades vão receber as famílias que estão sendo tiradas da comunidade por estarem em área de risco ou por conta de alguma outra obra nossa. Isso aqui é fundamental (para o projeto). Porque, se a gente não puder oferecer novas unidades, não tem como retirá-los dos locais onde vão acontecer as obras – explica o engenheiro da Secretaria Municipal de Habitação Glauco Campos, que comanda o Morar Carioca na Providência.

Condomínio terá 119 apartamentos divididos em sete prédios com toda a infraestrutura

Os futuros apartamentos da Rua Nabuco de Freitas – três deles adaptados para portadores de necessidades especiais – têm dois quartos, sala, cozinha com área de serviço integrada, banheiro e varanda. Além do conforto interno, o condomínio com sete edifícios terá uma área de estacionamento, parque para crianças e vias de serviço.

– A vantagem é que as famílias vão receber um apartamento com toda a infraestrutura básica, com acesso à rua, com sistema de transporte próximo. Esses eu acho que são os principais pontos, já que muitas delas moram em condições precárias de saneamento e em áreas em extremo risco geotécnico – argumenta o engenheiro.

Uma das quase 480 famílias que serão realocadas na Providência é a do operário Robson Rocha da Silva, de 24 anos. O jovem, que nasceu na comunidade da Pedra Lisa – uma das áreas da Providência que será totalmente desocupada por conta do risco de desabamentos –, diz que espera mais do Morar Carioca, que começou a mudar a sua vida há seis meses.

Fase de acabamento do apartamento modelo, com 2 quartos, sala, cozinha, banheiro e área de serviço

– Estava com dificuldade para arrumar um emprego, quando um carro de som passou pela comunidade, avisando sobre as oportunidades. Essa obra deu uma chance boa para os jovens. E é muito bom saber que eu vou poder estar num apartamento desses daqui a um tempo – sonha Robson.

Além dos apartamentos da Nabuco de Freitas, o Morar Carioca da Providência deverá construir mais 170 moradias na região. Serão 60 apartamentos na Ladeira do Faria, 28 na Ladeira do Barroso e aproximadamente 80 na Rua Cardoso Marinho, no pé da comunidade. O restante das famílias deverá ser realocado em apartamentos que serão erguidos na área pelo programa Minha Casa Minha Vida, do Governo Federal.

– Quando você entra numa comunidade com um projeto como esse, as pessoas ficam um pouco desacreditadas. Mas conforme a obra vai acontecendo, e, por exemplo, nós estamos montando agora um apartamento modelo, as pessoas passam a acreditar na propostas, o que é bom para todos – conclui Glauco Campos.

Notícia Anterior
Rio ganha Centro de Treinamento
Próxima Notícia
Centro de Operações Rio completa um ano mirando os Jogos de 2016