Esta matéria faz parte do conjunto de transformações Morar Carioca
Clique e conheça os detalhes do projeto
15/05/2012 | Social | Morar Carioca

Providência vai ganhar 120 novos apartamentos

Construção de condomínio de sete blocos na Rua Nabuco de Freitas está adiantada. Obra faz parte das intervenções do Morar Carioca

Falta pouco para que mais de 100 famílias do Morro da Providência, no Centro do Rio, ganhem um novo endereço definitivo. Construído como parte das intervenções do programa Morar Carioca na região, o condomínio de sete blocos na Rua Nabuco de Freitas, no Santo Cristo, está em fase final de construção. Os apartamentos têm dois quartos, sala, cozinha com área de serviço integrada e banheiro. Além do conforto interno, haverá uma área de estacionamento, parque para crianças e vias de serviço. “Todos têm laje e piso cerâmico que já fazem parte do acabamento. As janelas são de alumínio. A partir do segundo andar eles têm uma varandinha na sala”, revela Ricardo Victor, engenheiro da Secretaria Municipal de Habitação

Uma curiosidade: os dois blocos da frente (os de número 6 e 7) têm apenas dois andares. Uma preocupação com a paisagem da região. “Todos os prédios têm cinco pavimentos, menos estes, que contam com um gabarito diferente para a fachada frontal se manter concordante com a arquitetura da rua. Foi uma exigência da Secretaria de Urbanismo e é parte do trabalho de integração que nós fazemos com as diversas áreas da prefeitura envolvidas em empreendimentos deste porte”, destaca Ricardo Victor.

O prédio é apenas uma das intervenções na região. “Na verdade, isso é um dos componentes de um projeto maior, mais amplo, já em andamento na Secretaria de Habitação. Abrange a área portuária toda”, diz. A decisão sobre as famílias que vão para o condomínio foi feita pensando nos moradores dos arredores. “Aqui é muito difícil arrumar área para construir prédio. E uma coisa que todos querem é morar próximo de onde moravam”, diz. Mas alguns terrenos já estão disponíveis – como outra área na Rua da Gamboa. “Facilita porque a pessoa vai estar na mesma região de antes. Então, toda aquela estrutura de casa, filhos, escola, parentes, é mantida”, pondera Ricardo Victor. “O objetivo deste condomínio aqui da Nabuco de Freitas é atender especificamente o pessoal do Morro da Providência. E futuramente serão construídas outras residências no entorno de toda a Zona Portuária”, adianta.

Como um Espaço de Desenvolvimento Infantil e um Centro Público de Emprego, Trabalho e Renda já prontos e entregues à população, o trabalho continua. “As intervenções no Morro da Providência são variadas. Tem um ginásio na Ladeira do Farias, por exemplo. Como a gente usou a quadra que já existia e era utilizada como área de lazer, os moradores estão sendo compensados com um ginásio muito próximo dali. Também vamos ter residências na Ladeira do Farias e na Rua do Livramento”, enumera.

Mas Ricardo Victor lembra que, embora a construção de casas seja uma das tônicas, a questão viária e de transporte é muito importante. “Predomina habitação, mas inclui também o viário, os transportes. Lá em cima, vamos ter o teleférico com uma estação onde você vai ter várias modalidades de transporte no mesmo lugar – trem, ônibus, carro e o próprio teleférico. E não podemos esquecer o plano inclinado, que também vai ser um meio de transporte, onde hoje é uma escada de 170 degraus pra chegar lá no ponto mais alto, onde vai ser o Centro Histórico da Providência”.

Com isso, a realidade do Morro da Providência e de todos os seus arredores será profundamente alterada. “Isso valoriza muito a região, que antes estava abandonada. Agora nós estamos fazendo intervenções que vão dar dignidade a todas as famílias”, comemora.

Notícia Anterior
Conheça o Ligeirão, o novo transporte carioca
Próxima Notícia
O africano que construiu o Parque Madureira