Esta matéria faz parte do conjunto de transformações TransOeste
Clique e conheça os detalhes do projeto
27/01/2012 | Transportes | TransOeste

Túnel da Grota Funda: um modelo de tecnologia

Ligação entre os bairros do Recreio e de Guaratiba, a 'estrela da Transoeste' está 80% concluída e já nascerá como o túnel mais moderno da história da cidade, com sistema à prova de apagões, prevenção contra incêndios e acabamento com padrão europeu

Falta pouco para a conclusão de uma das maiores intervenções urbanas da cidade do Rio nas últimas décadas. Em fase de acabamento, o Túnel da Grota Funda está bem próximo da configuração visual que deverá ter depois de pronto. E já mostra as inovações tecnológicas que nenhum túnel carioca possui.

Ao todo, o túnel terá 1.100 metros de extensão e será o primeiro adaptado às diretrizes de segurança da ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas). Ele é encarado como ‘a estrela da Transoeste’, de acordo com o engenheiro Alexandre Risso, responsável pelas obras da via que ligará a Barra da Tijuca a Santa Cruz e Campo Grande.

– Nos emboques do Recreio e de Guaratiba haverá telas de proteção para que em caso de chuva e desmoronamento, as entradas do túnel não sejam fechadas, como ocorreu no Túnel Rebouças há alguns anos – explica Risso.

Os trabalhos em fase de acabamento de uma das galerias: construção está 80% concluída

Cada lado do túnel também contará com uma subestação de controle e segurança, que irá monitorá-lo 24 horas por dia. As duas terão gerador próprio e uma área para apoio técnico das equipes de socorro do túnel.

Também já estão sendo instalados os hidrantes para combate a incêndios e as bandejas galvanizadas de sustentação dos sistemas elétrico e de iluminação. E um toque a mais de modernidade da obra: a instalação dos painéis laterais, que serão pintados com tintas importadas da Suíça e usadas em todos os túneis europeus.

– As tintas são de fácil limpeza e ajudam na iluminação, garantindo assim segurança e qualidade de primeiro nível. A iluminação é em LED, uma novidade nos túneis do Rio de Janeiro – detalha o engenheiro.

Com aproximadamente 80% da obra já executados, a fase atual é de implantação da tecnologia necessária para tornar o Túnel da Grota Funda um modelo. Num trecho, já é possível ver as pequenas muretas segregadoras para as faixas do sistema BRT (Bus Rapid Transit), por onde passarão os ônibus Ligeirões.

– Hoje nós temos feito alguns trabalhos de melhorias nos túneis existentes, fazendo alguns revestimentos e mudanças de iluminação. Mas esse aqui já nasceu correto, ele será o túnel-modelo para os futuros túneis e o aprimoramento dos já existentes na cidade – conclui Risso.

Notícia Anterior
Transcarioca terá 'obra de arte' na Barra
Próxima Notícia
Muito mais Maracanã