Porto Maravilha
Principal projeto da Cidade Olímpica, será a nova porta de entrada do Rio. Prevê intervenções urbanísticas, restauro, construção de túneis, museus e muito mais
Header Perimetral
Sobre o Projeto

Uma das regiões mais importantes da cidade e porta de entrada de visitantes que chegam pelo mar, a Região Portuária passou por décadas de abandono até a chegada da Operação Urbana Porto Maravilha. O projeto, que é um dos mais importantes legados olímpicos, simboliza a retomada de uma área que é berço cultural da cidade. Ao todo, cinco milhões de metros quadrados serão revitalizados na região. O processo já se encontra em andamento e o primeiro marco cultural a ser inaugurado foi o Museu de Arte do Rio, que abriu suas portas ao público no dia 1º de março de 2013, comemorando o aniversário da cidade em grande estilo. Outro passo fundamental para a retomada da região, a derrubada e posterior substituição do Elevado da Perimetral, começou a se tornar realidade. Em novembro, a via foi interditada e começou a ser demolida, e em seu lugar foi aberta a via Binário do Porto. Paralela à Avenida Rodrigues Alves, possui três faixas por sentido, ligando a Rodoviária Novo Rio à Avenida Rio Branco em um sentido e, no outro, parte da Rua Primeiro de Março em direção ao elevado do Gasômetro. A substituição da Perimetral contribuirá para o avanço na construção do Túnel do Binário, além da Via Expressa, que como o próprio nome diz, será uma alternativa sem semáforos para o trânsito no Centro, aumentando a fluidez no tráfego local e possibilitando a transformação da Avenida Rodrigues Alves em um boulevard para pedestres. Completa o pacote de transformações a construção do Museu do Amanhã, no Píer Mauá. O prédio, totalmente sustentável, foi projetado pelo arquiteto espanhol Santiago Calatrava e, em seu interior, abordará temas relevantes ao futuro da humanidade. Ao final do processo, em 2016, o Porto do Rio será referência mundial em cultura, lazer e qualidade de vida.

O que é?

Projeto que vem transformando uma das regiões mais importantes da cidade e que durante anos foi relegada ao abandono. O Porto Maravilha será responsável pela revitalização de uma área de cinco milhões de metros quadrados, que inclui a abertura de novas vias e a reurbanização, deixando para a cidade um dos mais importantes legados dos Jogos Olímpicos de 2016.

O Rio Ganha. Você Também.

Protagonista na construção da Cidade Olímpica, o Porto Maravilha se destaca pela reestruturação da região histórica do Rio. Iniciado em junho de 2009, o trabalho inclui a construção da Via Expressa, que vai substituir o Elevado da Perimetral. Paralelo à nova via está a Binário do Porto, inaugurada no dia 20 de outubro de 2013, que surge para fazer o papel que cabia à Avenida Rodrigues Alves, porém com maior capacidade de tráfego de veículos. Ainda em construção está o Túnel do Binário, que vai completar a Via Binário do Porto.

Como boa parte da Binário e da Via Expressa será subterrânea, um trecho da Av. Rodrigues Alves será transformado em um boulevard que será cortado pelo Veículo Leve sobre Trilhos (VLT), espécie de bonde moderno e não poluente com capacidade para transportar até 415 pessoas. E o melhor: tudo isso sem a interferência da Perimetral, que está sendo removida.

Projeto Porto Maravilha já revitalizou o histórico Jardim do Valongo e recuperou o antigo Cais do Valongo, por onde chegaram mais de 500 mil escravos vindos da África.

Onde fica

Projetos Interligados
  • Binário do Porto

    Conheça o Projeto

    Ruas revitalizadas, novas alças no Gasômetro, dois túneis. Todo este conjunto de melhorias faz parte do Binário do Porto, via que vai distribuir com maior fluidez o trânsito na Região Portuária e, neste primeiro momento, antes da conclusão da Via Expressa, substituirá o elevado da Perimetral. Com 3,5km de extensão e três pistas por sentido, a via corre paralela à Avenida Rodrigues Alves. Inaugurada em duas fases, ligará, neste primeiro momento, a rodoviária Novo Rio à Avenida Rio Branco. No sentido contrário, partirá da Rua Primeiro de Março em direção às novas alças do Gasômetro. Este trajeto corresponde à 80% das obras do Binário, restando apenas o túnel do Binário, que tem previsão de conclusão para 2014.

    20131020_co_inauguracao_tunel_binario_GS

    Links Relacionados

  • Museu do Amanhã

    Conheça o Projeto

    Espaço de reflexão permanente sobre como as ações humanas causam impacto em todo o planeta. Esta é apenas uma das definições do Museu do Amanhã, prédio de arquitetura futurista que já desponta no Píer Mauá, em uma região que, totalmente remodelada, será um dos principais legados deixados para a cidade por conta dos Jogos de 2016. Idealizado pelo arquiteto espanhol Santiago Calatrava, o museu terá 15 mil metros quadrados de áreas e uma fachada móvel, com estrutura similar a asas que se movimentarão para melhorar a iluminação do ambiente, além de permitir a sustentação de placas que vão captar energia solar. Através de um sistema de filtro, a água da Baía de Guanabara será reaproveitada, que vai permitir que ela possa climatizar melhor o interior do espaço, além de abastecer o espelho d´água do museu.

    Museu_Amanha

    Links Relacionados

  • Museu de Arte do Rio

    Conheça o Projeto

    Inaugurado no primeiro semestre de 2013, o Museu de Arte do Rio, mais conhecido como MAR, surge imponente em um cenário que encontra-se em franco processo de revitalização, a região portuária da cidade. Composto por dois prédios de arquitetura totalmente heterogênea - o Palacete D. João VI e o antigo prédio da Polícia Civil - o MAR voltará seus olhos para a cidade que o abriga. O Rio de Janeiro será alvo de exposições, debates, cursos e workshops que pretendem discutir a cidade, com todas as suas sutilezas e particularidades. Para isso, cada um de seus prédios tem um papel específico. Enquanto o Palacete D. João VI funciona como o pavilhão expositivo, exibindo mostras de diferentes artistas, o prédio ao lado tem como foco a educação. Batizado de Escola do Olhar, oferece cursos para professores e alunos da rede pública de educação, difundindo a arte e seu caráter educativo e aglutinador.

    460x437_20130520_CO_POR_MAR_MT07

    Links Relacionados

  • Via Expressa

    Conheça o Projeto

    Com 5.050 metros de extensão, a futura Via Expressa ligará o Aterro do Flamengo, nas imediações do aeroporto Santos Dumont, à Av. Brasil e Ponte Rio-Niterói. Quando for concluída, terá o maior túnel rodoviário da cidade, com 2.890 metros de extensão, o que permitirá que grande parte da Avenida Rodrigues Alves seja transformada em um boulevard para pedestres e por onde também circulará o Veículo Leve Sobre Trilhos (VLT). Em fase de construção, a Via Expressa vai substituir o elevado da Perimetral, ampliando a quantidade de pistas hoje existentes de quatro para seis faixas, sendo três em cada sentido.

    Via Expressa

    Links Relacionados

Mais projetos em Infraestrutura