TransCarioca
A TransCarioca vai ligar a Barra da Tijuca à Ilha do Governador. Será o primeiro corredor de alta capacidade no sentido transversal da cidade
TransCarioca
Sobre o Projeto

Da Barra da Tijuca até a Ilha do Governador ao longo de 39km de extensão, 45 estações e 14 bairros. Em tudo a TransCarioca, primeiro corredor a cortar transversalmente a cidade, é grandiosa. Construída em dois lotes (da Barra à Penha e da Penha ao Galeão), a via conta com investimento total de R$ 1,7 bilhão, sendo R$ 1,1 bi em recursos federais e R$ 600 milhões em contrapartida da Prefeitura.

O que é?

A TransCarioca vai cortar bairros importantes do subúrbio carioca, desde a Barra da Tijuca até o aeroporto Internacional Tom Jobim, na Ilha do Governador. Este será o primeiro corredor de alta capacidade a cortar transversalmente a cidade, interligando Barra da Tijuca, Curicica, Ilha do Governador, Taquara, Tanque, Praça Seca, Campinho, Madureira, Vaz Lobo, Vicente de Carvalho, Vila da Penha, Penha, Olaria e Ramos. Cerca de 450 mil passageiros serão beneficiados diariamente, além de contar com um transporte equipado com ar-condicionado e capacidade para transportar 180 passageiros.

Em seu percurso, a TransCarioca contará com importantes – e impactantes – obras de infraestrutura, como a ponte Prefeito Pereira Passos, na Ilha do Governador, e o Mergulhão Clara Nunes, em Campinho. Este último já mudou radicalmente, e para melhor, o trânsito na região mesmo antes do corredor ser inaugurado. Em Madureira, a duplicação do viaduto Negrão de Lima prepara o bairro para a chegada dos Ligeirões, enquanto na  Barra da Tijuca o mergulhão Billy Blanco e a ponte Cardeal Dom Eugênio de Araújo Sales ajudam a desafogar o trânsito na região.

 

O Rio Ganha. Você Também.

Com a inauguração do corredor TransCarioca a previsão é que os passageiros que fazem o trajeto entre a Barra da Tijuca e o aeroporto internacional Tom Jobim, na Ilha do Governador, reduzam em 66% o tempo gasto nesse deslocamento, além de retirar cerca de 500 ônibus das ruas.

Além de otimizar o tempo de milhares de cariocas diariamente, a TransCarioca deixará um importante legado em obras viárias para a cidade. Ao longo de seu percurso serão construídos três mergulhões, 10 viadutos (incluindo as duplicações) e nove pontes (sendo duas pontes estaiadas, a ponte Cardeal Dom Eugênio de Araújo Sales, na Barra da Tijuca, e a Prefeito Pereira Passos, na entrada da Ilha do Governador). Também serão executadas obras de duplicação de pistas, além da urbanização das áreas contempladas pelo BRT.

Onde fica

Projetos Interligados
  • Mergulhão Billy Blanco

    Conheça o Projeto

    Construído para colocar um fim no eterno gargalo rodoviário que existe entre as avenidas Ayrton Senna e das Américas, na Barra da Tijuca, o Mergulhão Billy Blanco, próximo ao Terminal Alvorada, faz parte do corredor TransCarioca, que vai ligar a Barra da Tijuca ao aeroporto internacional Tom Jobim, na Ilha do Governador. A obra, que fica ao lado da Cidade das Artes e próxima ao hospital Lourenço Jorge já é uma das mais importantes da região. Quem vai da Zona Sul em direção à Barra da Tijuca pode pegar duas pistas na Avenida das Américas: a do meio, que segue em direção ao Recreio e às praias, e a do canto, que dá acesso à Avenida Ayrton Senna em direção ao aeroporto Tom Jobim. Por ter sido construído exclusivamente para carros, os Ligeirões da TransCarioca vão passar por cima do mergulhão. A obra é importante porque, sem ela, haveria mais um sinal de trânsito naquele ponto, o que certamente ajudaria a engarrafar ainda mais o trânsito.

    Mergulhão Alvorada

    Links Relacionados

  • Mergulhão Clara Nunes

    Conheça o Projeto

    Com quase 800m de extensão e oito faixas no total, sendo duas exclusivas para o BRT, o Mergulhão Clara Nunes, inaugurado em maio de 2012,  desafogou o trânsito no bairro de Campinho, na Zona Norte. A melhoria no trânsito aconteceu principalmente na estrada Intendente Magalhães, que antes da obra sofria com engarrafamentos de até um quilômetro todos os dias. Com a obra, os veículos que vêm da rua Cândido Benício agora passam por baixo do cruzamento com a Intendente Magalhães, seguem pela rua Domingos Lopes e sobem mais à frente. Assim, a Domingos Lopes passou a ter mão dupla e os motoristas têm uma ligação que não existia antes. O Mergulhão Clara Nunes terá suas duas faixas para os ônibus articulados abertas assim que a TransCarioca for inaugurada.

    Mergulhão Clara Nunes

    Links Relacionados

  • Ponte Cardeal Dom Eugênio de Araújo Sales

    Conheça o Projeto

    Inaugurada em dezembro de 2013, a ponte estaiada da Barra, batizada de ponte Cardeal Dom Eugênio de Araújo Sales, chama a atenção por sua grandiosidade. Com quase 900 metros e 56 estais, está localizada na Avenida Ayrton Senna, esquina com Abelardo Bueno, sobre o canal que liga as lagoas de Jacarepaguá e da Tijuca. Possui quatro faixas, sendo duas exclusivas para o BRT da Transcarioca. Do alto de seus 48 metros de altura, que equivalem a um prédio de 16 andares, a ponte foi liberada para veículos mesmo antes do corredor ser inaugurado. O novo marco pode ser utilizado por motoristas que se deslocarem para a Barra da Tijuca ou para o Recreio dos Bandeirantes a partir de Jacarepaguá, na Zona Oeste, ou da Linha Amarela, via expressa que liga bairros da Zona Norte e da Zona Oeste. A construção da ponte Cardeal Dom Eugênio de Araújo Sales inclui também uma espécie de trevo rodoviário, que terá alças para retorno em seus dois lados. Tal opção vai evitar que mais um semáforo atrapalhe o trânsito local.

    Estaiada_Barra

    Links Relacionados

  • Ponte Prefeito Pereira Passos

    Conheça o Projeto

    A construção da TransCarioca, corredor para BRTs que vai ligar a Barra da Tijuca ao aeroporto internacional Tom Jobim, terá alguns marcos da construção civil em seu caminho. Um deles já desponta na entrada da Ilha do Governador: a ponte Prefeito Pereira Passos, que está sendo erguida em paralelo à outra ponte já existente no bairro e que será exclusiva para o BRT. Com 400 metros de extensão, a construção da ponte exige uma série de cuidados, já que a para evitar impactos ambientais, ela terá apenas dois pilares na Baía de Guanabara. A construção será reta e terá uma leve curva para a direita, no sentido Ilha do Fundão-Ilha do Governador, por conta da descida e subida de aviões na Base Aérea do Galeão. Outra preocupação foi construir um mastro em uma altura que não atrapalhasse a manobra de aeronaves na região.

    Ponte Estaiada da Ilha

    Links Relacionados

Mais projetos em Transportes